ROMA (ITÁLIA) - 1

Nosso tour por Roma vai começar pelo Vaticano que é um Estado independente dentro de Roma! Sempre quis conhecê-lo porque ouvi por muitos anos os relatos do meu avô João que, no Ano Santo de 1950, viajou com um grupo de católicos da nossa comunidade até ali. Eles foram numa longa viagem de navio e passaram um tempo na Itália participando das celebrações religiosas. Nossos antepassados eram italianos e nessa viagem o vovô teve
oportunidade de se encontrar com alguns parentes com quem ele mantinha
contato através de cartas. Por isso as lembranças que eu tenho disso são
sempre emotivas. Via o brilho nos olhos do meu avô contando a alegria de
conhecer a Itália, o Vaticano e os parentes! 
Assim agora vocês vão entender esse post inteiramente dedicado ao Vaticano! 
No final da extensa avenida avistamos a cúpula da Basílica

Antes de descer do ônibus, em frente a igreja, vimos o pátio onde ficam as
centenas de cadeiras para as celebrações externas quando a quantidade 
de pessoas é maior que a capacidade no interior da nave. 

Na parte onde ficam as galerias de colunas ficamos na fila para entrar na Basílica de São Pedro. Muito grande a fila, mas andava rápido e ficamos uns
50 minutos até chegar lá. Passamos por detectores de metais iguais aos de
aeroportos. Não é cobrado nenhum ingresso e todas as pessoas podem entrar.

Eu já sabia que essa igreja católica era a maior do mundo, mas o espanto na
hora que eu entrei foi constatar que não dava para enxergar direito o altar lá
na frente. E havia muita gente visitando e fotografando. Não sei quantificar mas era muuuuita gente mesmo! 

As pinturas, os afrescos e os revestimentos são maravilhosos!

Sem falar na escultura Pietà de Michelangelo, localizada à direita da
entrada, uma de suas obras primas. A foto não ficou boa...
Tem um vidro na frente da escultura e as fotos saem com reflexo.

Na parte do altar da frente fica a estátua de bronze de São Pedro e uma
curiosidade que descobri é que esse pé dele que fica mais para fora do pedestal está gasto e liso (nem aparecem mais os dedos esculpidos) porque
os fiéis vão lá e passam a mão no pé para rezar e fazer seus pedidos.
Inclusive na hora que tirei a foto essa mulher estava indo passar a mão
no pé do santo, rsrs...

Quando saí da igreja fiz essa foto bem embaixo da varanda onde o Papa aparece para falar com a multidão que o aguarda na Praça de São Pedro. Soubemos que no dia anterior ele tinha passeado no papa-móvel entre as 
pessoas que estavam lá... Nós quase acertamos o dia para vê-lo! 

Na descida das escadas para ir embora, não resisti e tirei uma foto de
um dos integrantes da Guarda Suíça que cuida da segurança do Vaticano.
Eles são bem parecidos com a guarda do palácio de Londres, não se 
mexem, não conversam, não sorriem, são verdadeiras estátuas vivas!

Para conhecer os museus do Vaticano e a Capela Sistina, contratamos uma
 excursão com guia para nos direcionar e explicar o que íamos ver.
Fomos num grupo de 15 pessoas e com a tranquilidade de fazer o trajeto 
hotel/museu/hotel no ônibus da empresa, não passar por fila e só ter o 
trabalho de ir atrás da guia e entender o espanhol embolado que ela nos
explicava as histórias, rsrs... A foto é dos jardins dos Museus do Vaticano
e essa escultura em forma de esfera fica girando

As salas e os corredores que exibem as várias coleções dos museus tem seu
acervo considerado como um dos maiores do mundo. São obras que além
de notáveis pelo trabalho dos artistas, retratam os hábitos e preferências
dos povos de cada lugar do mundo de onde vieram.

A Galeria dos Mapas tem uma riqueza de detalhes que vai do teto ao chão

Cada galeria mais interessante e linda que a outra!

Até que chegamos ao ápice da visita: a Capela Sistina. Pela imagem da internet (é proibido tirar fotos da capela) dá para ver como ela é com suas 
pinturas e afrescos. Ela é pequena com seus 13m x 40m de área e pé direito de 21m, mas impressiona pelas pinturas em toda a extensão das paredes e
teto. Michelangelo foi responsável pelas imagens do teto e demorou 4 anos
para terminá-lo. As imagens são divididas em espaços triangulares e retangulares. Os triângulos mostram figuras de profetas e profetisas. Os retângulos retratam episódios do livro  Gênese. Depois de alguns anos Michelangelo voltou e fez também a parede atrás do altar 
representando o Juízo Final. Fiquei emocionada em estar ali dentro
do lugar mais importante da Igreja Católica e com tanta história
e fatos bíblicos gravados em forma de arte

Nosso tour pelos museus e capela durou 3 horas e meia e para sair descemos
por essa passarela muito bonita em formato de caracol


Acompanhe comigo amanhã as outras maravilhas de Roma!!!
E não esqueçam de participar do MEGA SORTEIO GRINGO!
É só clicar AQUI para chegar lá rapidinho! 


Obrigada pela sua visita e pela nossa amizade!
BJSSS

6 comentários:

Fátima disse...

E continuo minha viagem virtual com tanta riqueza de detalhes. A Capela Sistina é divinamente linda, eu ficaria completamente perdida diante de tamanha beleza. Obrigada por compartilhar.
Bj

Imac by Artes disse...

Que post divino amiga!
Imagens fantásticas, narração perfeita e contagiante...
Senti-me inserida nesse passeio!
Obrigada por partilhar conosco essas maravilhas.
Abraços! Um dia radiante pra ti.

ana maria ( jeito de casa) disse...

Oi Amiga, adorei curtir contigo, quanta arte e beleza... e a emoção de estar num lugar que desejava não tem preço mesmo.

bjãoooo

✿ chica disse...

Que lindo!!Adorei rever tudo isso e é a cidade de meu marido!!ADORO! beijos praianos,chica

Fran Huesa disse...

parece um sonho...

bjuu

patty disse...

A capela Sistina é algo que só vendo pessoalmente. Mesmo estudando, mesmo com a guia tendo nos dado uma aula antes, blá blá blá, o impacto foi muito grande. Acredita que eu consegui um espacinho para sentar e ficar olhando para o teto? Pena que o tempo era curto. Eu poderia ficar horas lá dentro, só admirando. E põe gente naquilo, né? Dá vontade de largar um pitt-bull;)