A noite de "HAIR"


Nem parece que esta peça foi escrita e entrou em cartaz pela primeira vez nos anos 60... Continua atual em sua essência e nos anseios dos jovens em viver uma vida de "paz e amor", mesmo com os equívocos de trilharem caminhos errados para chegar na utopia sonhada.




Adorei a montagem, a direção e o elenco de atores jovens e com todo o pique necessário para encenar os quadros dinâmicos, com muita música e dança!
Sem falar do susto do final do primeiro ato, quando para expressar sua rebeldia e não aceitação dos parâmetros e paradigmas da época, todos os personagens se desnudam das roupas e dos bens materiais e se mostram sem retoques e sem pudor ao público presente...
Todos os atores, além do talento para representar, se mostraram dançarinos e cantores impecáveis!!!

Ao final, convidam o público para subir ao palco e celebrar o amor e a alegria de viver, adorei, alto astral!
A peça está no Teatro Oi Casa Grande - Leblon e tem 4 homens e 2 mulheres no top dos personagens:
Claude ( o transparente ) - Hugo Bonemer
Berger ( o branco ) - Igor Rickli
Woof ( o rosa ) - Marcel Octavio
Hud ( o preto ) - Reynaldo Machado
Sheila (a reacionária) - Carolina Puntel
Jeanie (a grávida) - Leticia Colin
A atriz Leticia Colin está excelente vivendo a Jeanie, uma garota sonhadora, com um amor platônico pelo Claude, e todas as vezes que contracena com um colega, literalmente rouba a cena, rsrs...
Bem, se alguém vai ao Rio ou mora lá, meu conselho é: não perca, é demais!!!
Bjs

0 comentários: