A decoração da festa

Antes de falar da festa preciso mostrar como foi feita a decoração da casa para a comemoração do noivado da minha filha!
Tudo foi idealizado por mim, que aos poucos fui separando o que tinha à mão em casa, e comprando alguns outros ítens para completar o "projeto".
Tive a ajuda de uma grande amiga, a Daisy, artista plástica de formação, mas acima de tudo com um dom especial de decorar festas com extremo bom gosto.
Estava eu, no sábado de manhã, saindo de casa para comprar na feira temperinhos e folhas para a salada, quando ela me ligou oferecendo ajuda para montar os vasos de flores para enfeitar as mesas grandes do bolo e das lembranças. Agradeci e aceitei na hora, claro!!! Combinamos então de nos encontrarmos na feira, onde também tem as barraquinhas de flores. Como já não era muito cedo, nossa expectativa não era das melhores, porque as flores vendem logo e acabam. Mas os anjos da guarda tomaram conta de mim e quando chegamos achei os copos de leite que queria como flor principal e todas as folhagens e florezinhas lilazes que fariam a complementação dos arranjos!
A cor escolhida como referência da decoração foi o lilás, complementado pelo branco, dourado e o verde das folhagens.
Foi tudo feito em casa e agora mostro um pouquinho com as imagens que selecionei:


Esta é a Daisy, com alguns vasos já prontos e tomando um licorzinho para aquecer do frio, rs!
Até o bolo foi decorado com as flores naturais!
O bolo pronto na mesa também já arrumada coberta com os brigadeirinhos
Olha como ficou linda a arrumação da mesa com o arranjo e as folhas grandes!




No detalhe a forminha lilás com bolinhas brancas e o forro rendado lilás dos brigadeiros




Gostaram da toalha? Foi montada com um pedaço de lamê dourado que eu tinha
guardado e por baixo a minha toalha rendada oval fazendo um babado!
Tudo preso com grampeador de madeira na mesa.
Essas são as lembranças confeccionadas pela mãe do noivo, a Ana, junto com o cartãozinho
com a foto dos noivos e a data do compromisso que foram oferecidas ...

...aos convidados: uma toalhinha de mão, duas mini velas
perfumadas para banheiro e um sachê de lavanda delicioso!!!


E todo o mimo foi arrumado dentro destas caixinhas cutes, umas douradas e outras brancas
A mesa das lembranças ficou fofa!




E olha a varanda como ficou: as mesinhas com toalhas brancas e outra lilás por cima.
Em cada mesa uma garrafa com uma flor copo de leite e um raminho de flores lilás e como detalhe um tecido branco amarrado ao meio das garrafas.
E os vasos com os arranjos para encantar os olhos!

Na minha copa também coloquei um vaso só com delicadas florezinhas!
E a geladeirinha ganhou uma toalha combinando com a festa!
E um segredinho: Estão vendo a garrafa mais de perto? Pois é isso mesmo: guardei
algumas garrafas de vinho vazias para produzir esse enfeite com dois "B" (barato e bonito,hehehe!)
A bancada com os "apetrechos" e algumas bebidas, prontos para começar a servir!
Até o vasinho da orquídea florida mereceu uma roupinha nova para a data!


Depois continuo a contar da festa!
Bjs em todos os amigos que passam por aqui!

Noivado

Ontem fizemos uma pequena festinha aqui em casa para oficializar o noivado e a troca de alianças da minha filha Letícia com o genrinho Mario Cesar, reunindo as famílias e alguns poucos amigos do casal.
Como as festinhas aqui em casa são sempre muito animadas e duram pelo menos 3 dias (começam na sexta e acabam no domingo) porque todos moram longe e vêm para passar o fim de semana, só hoje sentei aqui no meu cantinho para contar as novidades para vocês.
Foi uma semana de muitos afazeres domésticos, com limpezas e arrumações, compras e preparações, encomendas e organizações, para que o cardápio e a decoração marcassem esse compromisso juntamente com a alegria e a confraternização dos convidados, das famílias e dos noivos!
Vou mostrar o convite e o cartãozinho de lembrança do noivado feitos pela Nathalia e que muito contribuiram para tornar mais romântico esse pré-enlace dos pombinhos!





O tamanho do convite é de 9cm x 18cm e o da lembrancinha é de 5cm x 6cm e ficaram muito lindinhos e delicados.
Depois mostro como foi a noite especial com muitas fotos!
Bjs cansados, mas muito felizes!!!

Tecnologia x família


E haja paciência para aguentar os melindres da tecnologia que falha e os doutores que não dão jeito no doente!!!
Pois é, estou aqui tentando voltar ao normal, fazendo as pazes com meu desktop, combinando com ele de me dar uma trégua na nossa guerra de nervos, e me organizando para um back up geral (de novo!) para formatar tudo e trocar a peça que precisa, para ele ficar zerinho ( nem que seja por pura e espontânea pressão, rsrs!).
Ando com saudades das minhas amigas virtuais, sentindo falta das nossas conversas, dos nossos pitacos, enfim fui ali na outra galáxia, mas não aguentei e forcei a passagem para a volta ao nosso universo bloguístico!
Aí vocês vão me perguntar: "Cadê seu laptop amiga?" Não tenho ainda meu desejado sonho de consumo, queridas... Lembram que contei aqui a saga do meu presente sumido?! Então, com todo o aborrecimento e decepção que nos causou o fato, ainda não tivemos a animação necessária para pesquisar de novo uma marca e uma configuração que nos atenda... Eu explico o seu espanto com a dificuldade numa coisinha tão simples assim: é que para a geração que nasceu com a era tecnológica, essas soluções/decisões saem num espirro, ou num piscar de olhos, mas para outros (e eu me incluo aqui) crescidos com máquinas de escrever (ou no máximo as máquinas de escrever elétricas), essas engenhocas informatizadas que se tornam obsoletas num prazo de tempo curtíssimo, nos deixam a matutar na frente da tela vendo tantas opções, tantas marcas, tantos preços, tantos modelos, tantos tantos...
Ai, ai, mas me conformo lembrando de uma frase sempre repetida por um grande amigo, na sua filosofia popular: "Cada um com seu cada um!"
E vou perguntando para os meus filhos o que eles acham, fingindo que entendo desse assunto quase tão bem quanto eles, para não dar o 'braço a torcer', admitindo que eles já dominam um assunto mais que eu, e que daqui a pouco estarei aprendendo muito mais com eles do que eles comigo. É a lei da vida senhores, diria um entendido, e que seja bendito esse crescimento intelectual dos jovens, essa integração com a tecnologia, essa fome de saber e de criar coisas novas, essa disposição para ensinar e para aprender sobre tudo. Com tantas mudanças e tantos avanços tecnológicos, a única coisa que não podemos perder ou deixar que se perca, são as relações interpessoais, essas sim imutáveis, necessárias, insubstituíveis!
A família, menor e mais importante elo na comunidade, base de toda a grande sociedade, precisa ser a mais valorizada e cultivada dentro dessas relações.
Nada é mais simples e fácil do que conviver bem em qualquer ambiente, quando se tem amor, união e respeito dentro da nossa própria família! Explicação para isso? Somos espelho daquilo que vivemos na intimidade do nosso lar!
Beijos para as amigas e para minha amada família!