Florezinhas de tecido

Tem dias que eu falo demais, e ontem foi um deles! Mas não me vejam como uma pessoa extrovertida, porque estou mais para ser o contrário... Apesar de não me considerar tímida, não sou de conversar muito, não tenho aquela facilidade de encontrar assuntos para qualquer ocasião e qualquer pessoa. Por isso me solto aqui nas letrinhas muito mais do que na fala. Os mais chegados vão achar que estou exagerando na introspecção, porque com eles é sempre fácil manter um diálogo ininterrupto. Porém com os conhecidos de menor convívio, acho difícil "puxar uma conversa" e desenrolar um assunto. Isso é para explicar a razão de ter me identificado tanto com esse espaço aqui. Sento na frente da tela e as palavras vão fluindo e o post vai saindo com uma facilidade gostosa! Por isso o post de ontem ficou tão extenso, quando vejo já falei, e falei, e falei, ou melhor, já escrevi, e escrevi, e escrevi, rsrs...
Particularmente ontem estava muito feliz em mostrar meu trabalho pronto!
E para não ficar um post quilométrico, resolvi deixar as florezinhas para depois. Usei um voil branco para as pétalas e uma viscose vermelha para o miolo (já tinha retalhos deles em casa).
Então vejamos:

Com uma xícara marquei os círculos maiores para as pétalas
dobrando o tecido em quatro e alfinetando para não sair do lugar

Cortando os tecidos alfinetados...

...já saindo quatro círculos de cada vez

Explicando como fazer cada pétala
Todas prontas sendo unidas uma a uma
E ela pronta para receber o miolinho vermelho

Com uma tacinha como medida marquei os círculos para o miolo de fuxico
Fazendo o pontinho de alinhavo na borda do círculo
Agora franzindo e arrematando...
...para prender no meio da flor
E elas prontas para serem coladas (cola quante) nas caixas forradas
Olha as gracinhas no lugar!
De novo mostrando a caixinha, hahaha!!!!

Beijos realizados!

6 comentários:

Marcia disse...

Raquel, querida, concordo com vc: escrever é algo tão gostoso que acabamos nos deixando levar, não é? E o mais legal dessa história toda de blogs e afins são as amizades que fazemos com pessoas que estão longe, que não conhecemos pessoalmente, mas das quais aprendemos a gostar e admiramos.

O PAP das florzinhas ficou ótimo. Adorei. Pensei em vários lugares aqui em casa em que elas ficariam lindas. Obrigada!!!

Beijocas.

Nathalia disse...

Oi Tia Raquel! Só hoje consegui vir aqui!

As caixinhas ficaram LINDAS, muito mais do que eu imaginei que já ficariam. E como você é caprichosa... Quando crescer, quero ser como você! rs... E as florzinhas? Quanto mimo!

Agora quero vê-las ao vivo!!!

Beijos!

Nárriman disse...

Raquel, vim lhe retribuir a visita e "parei"! Dei uma passeada em outras postagens porque já estava com saudades de seu canto e de ler seus textos (adoro).
Amei as caixinhas!! E essa flor, que coisa mais cute!! Deu para inspirar viu??
Bjs!!

** Obrigada pela dica em relação ao produto para o piso ok?

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Raquel

Amei suas caixinhas!!!
sou ao contrario, falo muito e escrevo pouco, mas que nos bateriamos horas de papo tenho certeza!!!

bjocas

Márcia Chaves disse...

Menina!!!
Adorei seu PAP. Estou numa fase 'louca-por-caixas' e já vou atrás de uma caixa mais dura e firme para aproveitar sua idéia.

Obrigada!!

Santinha disse...

Adorei suas caixinhas e os fuxicos.
Vim agradecer suas palavras de apoio la no blog, e dizer que depois da perda do notebook ainda estou tendo dificuldades para me reorganizar...mas já sao águas passadas viu!
bj e parabéns pelos lindos trabalhos.